Gaudiopolis: A República das Crianças (sábado, dia 13, pelas 19:50, em estreia na RTP 2 – Portugal)

por LMn
image_pdfimage_print

A história de uma democracia criada pelas crianças na Hungria do pós-guerra num documentário de Frederic Tonolli

Budapeste, 1945. Nos escombros da capital húngara devastada pela guerra, o pastor protestante Gabor Sztehlo acolhe órfãos, num amplo edifício na região de Buda. Centenas de crianças e jovens, de todas as religiões, origem social ou nacionalidade, que perderam os pais na guerra, chegam a “Gaudiópolis”, a “cidade da alegria”. Sztehlo tem uma ideia: deixar as crianças criarem a sua própria democracia, a sua própria república. Depressa surge uma Constituição, um Presidente, um Tribunal, um Delegado de Polícia, e até um jornal e notas de dinheiro, e desenvolvem formas de convivência para uma sociedade de confiança, generosidade, responsabilidade e cuidado.

 

Um projeto inovador que viria a terminar por volta de 1950, com a instauração do regime estalinista na Hungria.

 

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade