Festival Nacional de Gastronomia está de volta: “Portugal vai estar à mesa” em Santarém

por LMn

A 40.ª edição do Festival Nacional de Gastronomia vai realizar-se de 18 a 28 de Novembro, na Casa do Campino, em Santarém, com 12 tasquinhas típicas representativas de todo o país, música, debates e cinco jantares com chefs “conceituados”.

O programa para os 11 dias do Festival Nacional de Gastronomia (FNG) foi apresentado esta quinta-feira em Santarém, com o presidente do município, Ricardo Gonçalves, a destacar a 40.ª edição de um certame que reúne à mesa todas as regiões do país, tendo feito notar que o evento, além de ser “o maior festival nacional de gastronomia”, foi eleito como “um dos melhores 25 festivais gastronómicos de Outono da Europa” por um site da especialidade.

“Trata-se de um importante reconhecimento e uma excelente forma de assinalar os 40 anos deste importante evento, que ganha, cada vez mais, dimensão nacional e internacional”, destaca a organização de um festival que desafia a “visitar Santarém enquanto prova Portugal”, mote da edição deste ano.

O presidente do conselho de administração da empresa municipal Viver Santarém, João Leite, disse, por sua vez, que ao longo de 11 dias “Portugal vai estar à mesa” em Santarém, com “o melhor da gastronomia nacional” a passar pelas 12 tasquinhas que representam municípios e regiões do continente e das ilhas, sublinhando que o grande objectivo passa por conseguir alargar o conceito temporal do evento e que se possa “viver o festival ao longo do ano”.

O responsável pela organização, conjuntamente com a câmara de Santarém, destacou alguns dos momentos do programa delineado para os 11 dias da FNG e que passam pelo artesanato, cultura, música, espectáculos, apresentação de livros, debates, exposições, showcookings, conferências, vinhos e cinco jantares gastronómicos que serão preparados por chefs conceituados como Rodrigo Castelo (18 de Novembro), Vasco Coelho Santos e Inga Martin (dia 19), Ljubomir Stanisic (20), Noélia Jerónimo e Miguel Gameiro (26) e Chakall (dia 27).

O evento, que disponibiliza um espaço para apoio a bebés e animação das crianças, desde a idade de amamentação até aos 10 anos, vai contar ainda com vários concursos nacionais de pratos tradicionais, desde “Entradas”, “Sopas”, “Leitões”, “Marisco”, “Sobremesas”, “Frango Assado”, “Pastéis e Empadas”, e “Pratos Cozinhados”, entre outros.

No dia 20 de Novembro, no espaço livraria, Armando Fernandes, gastrónomo e historiador, fará a apresentação do livro Festival Nacional de Gastronomia (FNG) – 40 anos: Aperitivos para uma história do Festival, seguidos de Rota dos Sabores e Saberes.

No âmbito das conferências denominadas “A ternura do Festival: as Conversas dos Quarenta”, serão levados a debate temas como os “Ciclos da água: poupança é o futuro” e os “Desafios do futuro alimentar”.

Ao longo dos 11 dias, que incluem também um momento de evocação à memória de Carlos Abreu, fundador do FNG (no dia 20), nos stands da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e Municípios de Portugal serão proporcionados diferentes momentos de promoção turística, cultural e gastronómica dos municípios representados.

A programação completa do FNG pode ser consultada em festivalnacionaldegastronomia.pt.

Fonte: publico.pt

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade