Fenómeno (István Örkény)

por Arnaldo Rivotti

Uma rolha de cortiça que não era diferente das demais caiu à água. Apelidava-se de Sándor G. Hirt.

– Mas o que significa um nome?

– Um nome não significa nada.

Durante algum tempo, como era expectável, flutuou na água, mas depois aconteceu algo de muito estranho.

Lentamente começou a ir ao fundo, afundando-se pouco a pouco e nunca mais veio à tona.

Não há explicação!

jelenség

“Egy parafa dugó, mely semmiben sem különbözött

a többi parafa dugótól,

(Hirt G. Sándornak mondta magát, de mit jelent egy név?

Egy név semmit se jelent), beleesett a vízbe.

Egy ideig, amint az várható volt,

úszott a víz színén, aztán különös dolog történt.

Lassan merülni kezdett, lesüllyedt a fenékre,

és nem jött föl többé.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade