Evereste: Csaba Varga, alpinista húngaro da Transilvânia parte à conquista limpa do Topo do Mundo

por LMn | MTI

O alpinista húngaro Csaba Varga da Transilvânia partiu na quinta-feira de Budapeste para a subida “limpa” do Monte Evereste, ou seja, sem oxigénio suplementar.

O alpinista da equipa Kalifa Alpine chegará à capital nepalesa na sexta-feira, onde demorará alguns dias a preparar-se. De Katmandu, espera chegar ao acampamento base do Evereste dentro de uma semana. No primeiro dia, voará para Lukla e de lá continuará para Phakding aos 2800 metros. O próximo destino é Namche Bazar, seguido por Tengboche, Dingboche e finalmente Lobuche para chegar ao acampamento base a 5360 metros.

“Durante todo o período de trekking, terei de deixar para trás cerca de 4.000 metros de subida, o que será uma excelente pré-aclimatização”, disse o alpinista à MTI.

Csaba Varga tem participado em expedições de alta montanha desde 2013, período durante o qual escalou quatro das 14 montanhas do mundo ao longo de 8.000 metros sem utilizar um tanque de oxigénio, um feito apenas ultrapassado pelo seu ídolo húngaro Zsolt Erőss.

Pode ser o primeiro húngaro a escalar a montanha mais alta do mundo, 8848 metros, sem a ajuda de oxigénio suplementar e carregadores de alta montanha na “Purely” Expedição Húngara Everest.

Csaba Varga, como fez em todas as oito das suas expedições até agora, levou consigo cerca de 50 quilos de equipamento de Budapeste, e irá transportá-lo para os campos de altitude sem ajuda de sherpas. Será decidido no acampamento de base quem serão os seus parceiros de escalada.

“Gostaria de hastear a bandeira húngara na cimeira, representando os húngaros da bacia dos Cárpatos como húngaros da Transilvânia. O meu objetivo é ser o primeiro húngaro a escalar o Evereste sem oxigénio suplementar, fazendo da Hungria a 40ª nação do mundo a fazê-lo”, disse Csaba Varga.

 

MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade