Estas são as regiões mais infetadas com COVID-19 na Hungria

por LMn
Em atualização (20.10.2020):

Últimas 24 horas na Hungria com 989 novos casos e 38 mortes

No total, 31 pacientes com Covid-19 morreram, enquanto o número de infeções por coronavírus registadas na Hungria aumentou de1.478 para 47.768, disse koronavirus.gov.hu ​​no domingo. O número de fatalidades é de 1.173, e 14.312 pessoas se recuperaram.

Nesta segunda-feira o número dos novos casos positivos foi de1478 e de óbitos, 31.

Existem 32.283 infeções ativas e 1.896 pacientes com Covid-19 a serem tratados no hospital, 179 em ventiladores. Ao todo 24.929 pessoas estão em quarentena domiciliar oficial e foram realizados 904.036 testes.

O site alertou os húngaros para observarem as diretrizes de distanciamento social e os regulamentos de higiene. Pediu aos idosos que prestassem mais atenção à sua própria proteção e observassem com rigor os regulamentos gerais. As restrições de entrada para viajantes estrangeiros do exterior permanecem em vigor.

Além de lojas e transportes públicos, o uso de máscara passou a ser obrigatório em cinemas, teatros, instituições de saúde e sociais e repartições públicas, e restaurantes, pubs e discotecas têm de encerrar até às 23 horas para conter a propagação do vírus.

Os regulamentos incluem a proibição de visitas a hospitais e lares de idosos que devem tomar todas as medidas possíveis para prevenir infeções, disse o site.

A maioria das infeções foi registada em Budapeste (14.622), seguido pelo condado de Pest (6.103) e os condados de Gyor-Moson-Sopron (2.961), Borsod-Abauj-Zemplen (2.711), Szabolcs-Szatmar-Bereg (2.340) e Hajdu -Bihar (2.312). O condado de Tolna tem o menor número de infeções (492).

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade