Édes Napok – Sweet Days – Dias Doces: Festival de Chocolate e Doces de Budapeste, de 18 a 20 de setembro de 2020

por LMn

Dessert (Sobremesa) de Budapeste anunciada antes do início do Festival ‘Sweet Days’

Um bolo de mousse de caramelo e pêra, feito pela confeitaria Szamos Marcipán, tornou-se este ano o Dessert de Budapeste, que o público poderá degustar pela primeira vez neste ano no Édes Napok (Dias Doces) – Festival de Chocolate e Doces de Budapeste, que se realiza entre sexta e domingo em frente à Basílica de Santo Estêvão.

A Associação Húngara de Chocolate e Doces anunciou o Concurso de Dessert de Budapeste pela terceira vez. A essência do concurso é encontrar uma Sobremesa que ganhe a aprovação do público em geral e enriquecer a oferta de doces, disse Csaba Rebrus, presidente da associação e coproprietária do Sweet Days Budapest, esta terça-feira. Além disso, o principal objetivo do concurso é trazer de volta as tradições da confeitaria húngara e fazer das sobremesas húngaras um lugar digno e destacado na oferta de restaurantes e confeitarias.

O Dessert (Sobremesa) de Budapeste foi anunciado antes do início do Festival ‘Édes Napok – Dias Doces’.

Casba Rebus acrescentou que também neste ano foram recebidos, muitos trabalhos de alta qualidade. Para o júri profissional, o aspeto mais importante na escolha da sobremesa de Budapeste foi que o produto vencedor, além de esteticamente agradável, deveria ser delicioso e relativamente fácil de preparar, para que pudesse ser feito também por donas de casa, não apenas por pasteleiros. Como disse a Csaba Rebus, em termos de matéria-prima, eles preferiram os produtos sazonais disponíveis no mercado nesta época do ano. Enquanto a primeira competição de sobremesas foi construída em torno de uvas, este ano a pêra foi colocada no centro da competição.

O vencedor da competição foi a sobremesa de Szamos Marcipán com pontuação unânime. A confeitaria recebeu o reconhecimento pela segunda vez na história da competição. Segundo a Associação Húngara de Chocolate e Doces, pela experiência dos últimos anos, eles podem vender mais de 3.000 peças no festival Sweet Days, onde a sobremesa pode ser degustada pela primeira vez. Ele acrescentou que além da sobremesa vencedora deste ano, as sobremesas de Budapeste de 2018 e 2019 também estarão disponíveis no evento gastronómico.

Ádám Kelényi, diretor financeiro da Szamos Marcipán, disse que os rebuçados são uma combinação de várias texturas de acordo com as exigências da competição. A sobremesa é uma mousse de baunilha sobre uma base de pão-de-ló Sacher, em camadas com purê de pêra fria e coberto com caramelo. Ele disse que eles queriam criar um mundo totalmente novo de sabores que ainda não era oferecido em suas confeitarias. O criador do produto é novamente Péter Nagy, o Chef-Pasteleiro da Szamos Marcipán.

Fanny Kászás /Hungary Today

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade