Duzentas candidaturas recebidas para o primeiro Concurso Internacional de Música Zoltán Kodály

por LMn | MTI

Foram recebidas duzentas candidaturas para o primeiro Concurso Internacional de Música Zoltán Kodály, que se realizará em Debrecen entre 17 e 26 de junho nas categorias de violino, viola clássica e violoncelo.

200 jovens músicos de 43 países dos 5 continentes participaram no concurso, que tem um fundo de prémios total de 45.000 euros, disseram os organizadores à MTI na quinta-feira.

Os candidatos, que incluem músicos dos EUA, Islândia, Alemanha, Arménia, Uzbequistão e Nova Zelândia, participarão numa pré-seleção vídeo antes do concurso de três fases. Os candidatos serão informados dos resultados da pré-seleção até 28 de fevereiro, o mais tardar. É nesta altura que os finalistas serão anunciados para o concurso ao vivo em junho.

A competição consistirá em quatro rondas, com violinistas, violistas e violoncelistas a competir na mesma categoria. O júri selecionará um máximo de 18 concorrentes para as meias-finais, incluindo pelo menos 3 violinistas, violistas e violoncelistas, e 6 para a final, incluindo pelo menos 1 violinista, violinista e violoncelista.

A primeira ronda será a solo e a segunda será acompanhada por um piano ou duo. Os seis melhores irão passar às finais da orquestra, onde cada um irá realizar um concerto como solista com a Kodály Orquestra Filarmónica de Debrecen.

O júri internacional de nove elementos será presidido por György Pauk, de 85 anos de idade, professor na Royal Academy of Music em Londres, e será rodeado por professores das instituições mais prestigiadas do mundo: Kristóf Baráti (violino, Budapeste), Anne Shih (violino, Mainz), Denis Severin (violoncelo, Genebra, Berna), Wilfried Strehle (viola, Berlim), Máté Szűcs (viola, Genebra), István Várdai (violoncelo, Viena), Quirine Viersen (violoncelo, Amesterdão) e Dániel Somogyi-Tóth, Diretor da Kodály Philharmonia Debrecen.

O organizador profissional da série de concursos organizada pela Filarmónica Kodály Debrecen é Jeunesses Musicales, a maior organização de música jovem do mundo.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade