Diva da Ópera Russa de renome mundial vai atuar em Budapeste

por LMn
image_pdfimage_print

Anna Netrebko dará um concerto na Ópera Estatal Húngara no dia 25 de setembro. Será a primeira vez que a mundialmente famosa soprano pisará o palco principal da ópera do país.

Depois de um hiato politicamente induzido, a artista está de volta ao grande palco desde abril. Ela, juntamente com Valery Gergiev e outros artistas russos, teve de enfrentar uma série de falsas invenções com o argumento de que de que se tinha distanciado de forma suficientemente clara da política do seu país natal. Depois de tomar uma posição contra a guerra na Ucrânia, foi autorizada a atuar em óperas ocidentais, mas não na Rússia.

A Ópera Estatal Húngara, desenhada por Miklós Ybl, foi reaberta ao público no dia 12 de março, após uma renovação que restaurou o edifício de Budapeste ao seu esplendor original. Para além de canções de Debussy, Dvořák, Rachmaninoff, Rimsky-Korsakov, e Richard Strauss, Anna Netrebko apresentará excertos de óperas de Cilea (Adriana Lecouvreur), Charpentier (Louise), Tchaikovsky (Rainha de Espadas), Leoncavallo (Bajazzo), Saint-Saëns (Samson e Dalila), e Offenbach (Contos de Hoffmann), conforme noticiou a Ópera húngara.

A soprano será acompanhada por Pavel Nebolsin ao piano, mezzo-soprano Elena Maximova, e pelo violinista Kurt Mitterfellner.

A cooperação entre Anna Netrebko e a ópera estatal húngara existe há vários anos. Em agosto de 2017, por exemplo, a Orquestra da Ópera Estatal Húngara atuou no Waldbühne de Berlim como parte de uma noite de gala com uma grande emissão televisiva da mundialmente famosa soprano e seu marido Yusif Eyvazov, seguida de uma atuação concertada de Andrea Chénier no Teatro Erkel em Dezembro de 2017. Netrebko e Eyvazov regressaram a Budapeste em 2021 como convidados de MÜPA Budapeste, onde a orquestra, coro e coro infantil da Ópera Estatal Húngara deram mais uma vez um concerto de Tosca.

Depois de se formar no Conservatório de São Petersburgo, Anna Netrebko estreou-se aos 22 anos de idade como Susanna na produção do Teatro Mariinsky de O Casamento de Figaro, dirigida por Valery Gergiev. Um ano mais tarde, estreou-se nos EUA no papel de título de Ruslan e Ludmilla na Ópera de São Francisco, e em 2002, apareceu na Ópera Metropolitana no papel de Natasha na ópera Guerra e Paz de Prokofiev.

O seu avanço internacional veio com o papel de Donna Anna na produção de Don Giovanni conduzida por Nikolaus Harnoncourt no Festival de Salzburgo. Este espetáculo de grande sucesso foi seguido de um contrato de gravação exclusiva com a Deutsche Grammophon e de uma série de convites de casas de ópera de renome em todo o mundo.

 

Original publicado em Ungarn Heute via HungaryToday

Foto em Destaque: Facebook Anna Netrebko

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade