Design português em Budapeste

por João Miguel Henriques

Temos mesmo de tirar o chapéu a Szilvia Szigeti e Tamás Radnóti, o vibrante e incansável casal por detrás de uma das mais importantes mostras internacionais de design contemporâneo da região centro-europeia, o Design Without Borders. Mesmo em ano de pandemia, este casal de curadores e organizadores recusou-se a baixar os braços e desistir do seu evento, trabalhando continuamente na sua idealização, mesmo que tal implicasse realizá-lo no formato de uma exposição online. Felizmente, acabou por ser possível a realização da exposição nos moldes tradicionais. E abre as suas portas ao público já este sábado, dia 10 de Outubro, este ano no espaço do lindíssimo Museu Kiscelli.

Na qualidade de responsável pelo Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões em Budapeste, tive a oportunidade de acompanhar de perto o trabalho dos organizadores e o prazer de ajudar a concretizar o seu desejo de incluir na mostra criadores portugueses. À imagem do que já acontecera em 2019, também na edição deste ano do Design Without Borders a criação nacional estará devidamente representada com peças de Inês Cesteiro, Sónia Rodrigues, Ana Fonseca e Brimet Silva, além da projecção de um vídeo acerca da obra de Joana Vasconcelos.

Pela sua heterogeneidade de inspirações, finalidades e aplicações, o design tem sempre ocupado um lugar de compromisso entre criação artística e produto comercial, pendendo mais para um dos lados consoante o criador, mas raramente se assumindo exclusivamente como uma ou outra coisa. Talvez isso explique por que motivo, aqui na nossa cidade, Instituto Camões e AICEP tenham por exemplo em 2015 juntado esforços para levar à Semana de Design de Budapeste uma excelente mostra de design de cortiça, em colaboração com o Grupo Amorim. Tratou-se na altura de uma excelente ocasião de dar a conhecer o material, as suas inúmeras possibilidades e o seu importante lugar na cultura e economia portuguesas.  Talvez mostras como aquela que estará patente ao público de Budapeste entre o dia 10 de Outubro e 15 de Novembro, apesar de focadas no acto criativo, possam também potenciar o negócio.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade