Desenvolvimento dos transportes ferroviários suburbanos de Budapeste para assegurar serviços mais integrados e mais rápidos

por LMn

O desenvolvimento das três linhas ferroviárias suburbanas (HÉV) de Budapeste que ligam a cidade a Csepel, Ráckeve e Szentendre está na sua fase de planeamento, disse na terça-feira o centro de desenvolvimento de transportes de Budapeste (BFK). O resultado final será uma melhor integração e serviços mais rápidos.

Graças a uma extensão das linhas ferroviárias suburbanas do sul até à praça Kálvin, no centro da cidade, espera-se que o número de passageiros duplique, disse o BFK. Os comboios passarão por metro na estação de Közvágóhíd, chegando à Praça Kálvin no centro da cidade com uma paragem na Praça Boráros, permitindo o desenvolvimento de um novo passeio verde alargado ao longo do rio Danúbio, acrescentou.

Cerca de um milhão de pessoas deslocam-se diariamente para o centro da cidade a partir de zonas suburbanas, e o projeto de desenvolvimento HÉV também irá encurtar os seus tempos de viagem.

Serão construídas novas estações e serão introduzidas carruagens com ar condicionado com acesso para deficientes. Os serviços entre Szentendre e a Praça Batthyány tornar-se-ão mais frequentes e os tempos de viagem serão até 6 minutos mais curtos. Os tempos de viagem de Ráckeve até à Praça Kálvin serão 30 minutos mais curtos e de Csepel 7 minutos mais curtos do que atualmente.

O projcto está a receber 13,7 mil milhões de forints (38,4 milhões de euros) em apoio não reembolsável co-financiado pelo Fundo de Coesão da União Europeia e pelo orçamento central húngaro.

MTI

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade