Corvinus Budapeste (BCE) entre as melhores universidades de negócios da Europa Oriental

por LMn

A Universidade Corvinus de Budapeste é a única instituição de ensino superior húngara incluída no prestigioso ranking de escolas de negócios do Leste Europeu da Eduniversal. A universidade está no pódio pelo quarto ano consecutivo, sendo este ano a segunda melhor entre 86 instituições superiores de 21 países.

Anualmente, a rede francesa Eduniversal compila um ranking das instituições de ensino superior de estudos de negócios do mundo, com o objetivo de orientar os interessados em estudar negócios na escolha de uma universidade. A organização seleciona as milhares de instituições mais conhecidas de todas as escolas de negócios em todo o mundo e as classifica em nove regiões geográficas: África, Ásia Central, Eurásia e Oriente Médio, Extremo Oriente, América Latina, América do Norte, Europa Oriental, Europa Ocidental e Oceania.

Eduniversal usa uma metodologia dupla para compilar os seus rankings anuais. A avaliação é feita com base nos votos dos reitores das milhares de instituições participantes da pesquisa, complementada pelos resultados do sistema de avaliação interna do Eduniversal. Além da avaliação dos trabalhos científicos, a colocação no ranking também destaca a reputação internacional da universidade.

Pelo quarto ano consecutivo, a Universidade Corvinus de Budapeste ficou no pódio no ranking do Eduniversal do Leste Europeu.

Este ano, ficou em segundo lugar entre as referidas  86 escolas de negócios. A Universidade de Economia e Negócios de Praga terminou em primeiro, enquanto o terceiro lugar é dividido pela Universidade de Varsóvia – Faculdade de Administração e pela Universidade de Ljubljana – Escola de Economia e Negócios.

Além de sua excelente posição no ranking do Leste Europeu, a Universidade Corvinus de Budapeste também manteve sua classificação de quatro palmeiras neste ano. Isso também significa que, como detentora do Prêmio “Palms of Excellence” com quatro classificações de palmas, ou seja, com um número excepcional de votos de reitor, a Universidade Corvinus de Budapeste conseguiu permanecer no clube de elite das 200 melhores escolas de negócios da rede Eduniversal.

O “Palms of Excellence Awards” foi um dos destaques do Congresso Mundial de uma semana da organização internacional, que devido à situação de pandemia, este ano foi realizado de forma online, com soluções virtuais únicas e voltadas para o futuro.

A Universidade Corvinus de Budapeste é a principal universidade da Hungria no campo dos estudos de ciências económicas e sociais.

O objetivo de médio prazo da renovada BCE, que a partir de 1 de julho de 2019, passou a ser uma universidade privada controlada por uma fundação, é se tornar a melhor instituição de ensino superior nas áreas mencionadas, não apenas a nível nacional mas também na Europa Central e Oriental.

Como parte do Programa de Renovação da Universidade, lançado em 2019, avanços significativos começaram nas operações académicas e institucionais com o objetivo de fortalecer a posição do BCE no cenário internacional, com particular referência ao surgimento de resultados de pesquisa de destaque internacional.

Atualmente quase 12.000 alunos, incluindo 3.500 estudantes estrangeiros, estão a estudar nos campus da Corvinus University em Budapeste e na cidade de Székesfehérvár.

A BCE mantém relacionamento próximo de parceria com 300 universidades em todo o mundo. Os pontos fortes da formação da Corvinus são sua abordagem orientada para a prática, relações ativas de mercado e seu Esquema de Bolsas de Estudo Corvinus baseado em desempenho, que incentiva os alunos a produzirem resultados excepcionais.

O BCE alcança regularmente uma posição de destaque nos rankings internacionais de ensino superior, tornando-se o primeiro no ranking Eduniversal da região em 2019 com seu curso de Administração e Gestão de Empresas e com seu curso de Mestrado em Gestão e Liderança. Em 2020 foi incluído no ranking do Financial Times O Masters in Management classificado como uma das 100 melhores escolas de negócios da Europa. Tal deve-se, entre outras coisas, ao facto de que a Universidade opera mais de 20 centros de pesquisa reconhecidos internacionalmente, e as suas escolas de doutorado abrangem 7 áreas de ensino.

Atualmente, uma parte significativa da elite económica, política e académica da Hungria é formada pela Corvinus, mas um objetivo importante do Programa de Renovação da Universidade é fornecer aos seus estudantes um diploma e conhecimento que possam ser usados no mercado de trabalho internacional, fornecendo cada vez mais ensino e formação em língua inglesa de alta qualidade.

 

Fonte: Daily News Hungary

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade