Comemorar a língua portuguesa é celebrar o diálogo e o intercâmbio cultural

por LMn | Lusa
image_pdfimage_print

O secretário-executivo da comunidade lusófona afirmou , sobre a comemoração do Dia Mundial da Língua Portuguesa, que se assinala sexta-feira, “nestes dias conturbados”, celebra o diálogo, o entendimento, a cooperação mútua e o valor incomensurável dos intercâmbios culturais.

Numa mensagem por ocasião do Dia Mundial da Língua Portuguesa, Zacarias Costa refere-se à mesma como um “extraordinário instrumento” para expressar esperanças, debater planos, firmar amizades e levar ao mundo as culturas e aspirações dos países que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

“Tudo isso através de uma língua comum, que nos permite a rica e livre manifestação dos variados aspetos nacionais que desfrutamos nos nove países-membros da CPLP”, disse.

Recordando que a língua portuguesa “é hoje falada por cerca de 290 milhões de pessoas, prevendo-se que, até ao final do século, seja falada por 500 milhões de pessoas”, Zacarias Costa sublinhou que “a sua utilização na internet está em franca ascensão”.

“É uma das línguas universais de cultura e é, inquestionavelmente, uma língua de paz”, acrescentou.

E observou: “Nestes dias conturbados que o mundo hoje vive, celebrar a língua portuguesa é celebrar o diálogo, o entendimento, a cooperação mútua e o valor incomensurável dos intercâmbios culturais”.

Esta é, pois, a razão de o 05 de maio ser também “um dia de paz”.

Para Zacarias Costa, é a juventude que compõe a CPLP que definirá o futuro da organização e da língua portuguesa.

“É pelos jovens que a língua se vai moldando e renovando, dando-nos a certeza de que, daqui a umas décadas, duplicaremos o número de falantes de língua portuguesa que juntos contribuirão para o fortalecimento de sociedades justas e solidárias”, referiu.

SMM // JH

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade