Colocação da primeira pedra da ligação ferroviária Belgrado-Budapeste

por LMn

Péter Szijjártó, ministro dos negócios estrangeiros e comércio da Hungria, participou na cerimónia de colocação da primeira pedra do troço Novi Sad-Kelebia da linha ferroviária Belgrado-Budapeste, em Novi Sad (Újvidék), no norte da Sérvia, na segunda-feira.

Ao dirigir-se aos presentes no evento, o ministro disse que aqueles que argumentam contra a construção da linha férrea de alta velocidade e o estabelecimento de uma rota de transporte entre os portos gregos e a Europa Ocidental querem privar a Hungria e a Sérvia das suas vantagens competitivas. Os adversários do projeto querem fazer o jogo dos outros países e agir contra os interesses nacionais da Sérvia e da Hungria, afirmou.

Szijjártó destacou que 2020 foi o primeiro ano em que o comércio da China tanto com a União Europeia como com os Estados Unidos excedeu o volume de negócios UE-EUA. “Cada vez mais mercadorias chinesas chegam aos portos gregos e precisam de ser transportadas para a Europa Central e Ocidental”. Há uma forte concorrência para lhes proporcionar uma rota de trânsito”, afirmou.

“A Sérvia e a Hungria entraram na corrida ao decidirem construir uma linha ferroviária moderna e segura”. Até 2025, tanto os troços húngaros como os sérvios da linha de mais de 300 quilómetros terão sido concluídos, permitindo aos dois países ganhar a corrida, disse Szijjártó. O projecto é financiado pela China, Sérvia e Hungria.

Fonte: dailynewshungary.com https://dailynewshungary.com/cornerstone-laying-of-belgrade-budapest-railway-section-held-in-serbia/

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade