CEDEAO disponibiliza 5,97 mil milhões de CFA para projetos na Guiné-Bissau

por LMn | Lusa
image_pdfimage_print

A Guiné-Bissau vai beneficiar de 5,97 mil milhões de francos CFA, equivalente a mais de nove milhões de euros, para projetos em cinco regiões, financiados pela CEDEAO, anunciou o Ministério das Finanças guineense.

O montante destina-se a apoiar projetos nas áreas das finanças, educação, agricultura, eletricidade, infraestruturas, entre outras, nas regiões de Bafatá, Gabu, Bolama, Bijagós e Quainará, segundo a informação divulgada pelo Governo guineense.

A vice-presidente da Comissão da CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental), Damtien Tchintchibidja, encontrou-se hoje com o ministro da Economia e Finanças da Guiné-Bissau, Suleimane Seide, a quem apresentou os vários programas e projetos a serem implementados pela organização sub-regional no país.

O objetivo destes programas e projetos é, de acordo com o ministério guineense, “promover a estabilidade económica dos países pós conflitos e daqueles que foram afetados pelo ébola”.

A vice-presidente da Comissão da CEDEAO anunciou a disponibilização para a Guiné-Bissau de 5,97 mil milhões de CFA e “enfatizou a participação das mulheres e jovens no processo de desenvolvimento económico e na promoção da paz e da estabilidade”.

O encontro com o ministro da Economia e Finanças ocorreu à margem da visita da representante da CEDEAO ao país para lançar os projetos do Fundo Regional de Estabilização e Desenvolvimento.

A cerimónia está programada para terça-feira, no Palácio do Governo, em Bissau.

HFI // MLL

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade