CECAB, cooperativa são-tomense, distribui 30 mil plantas de cacau aos seus sócios

por LMn

A CECAB, uma associação de índole cooperativa, vai disponibilizar 30 mil plantas para agricultores seus membros, visando garantir a renovação de cacaueiro nas suas parcelas de Terra em São Tomé e Príncipe, – revelou Inácio Viegas, Presidente desta agremiação.

De acordo com a mesma fonte, a CECAB, a principal cooperativa congregadora de agricultores do País, vai distribuir tais plantas de forma faseada, a qual compreendera, numa primeira fase 15 mil plantas, cujos primeiros beneficiários são as seis recém-filiadas que integram associação.

A CECABE, é uma cooperativa que integra mais de seis mil agricultores e tem viabilizado mercado de venda de cacau biológico em alguns países europeus, dos quais se destacam a França e a Alemanha, há pouco menos de três meses.

Américo Santos, um dos beneficiados com mais de 2.500 plantas mostra-se satisfeito, o qual agradece a CECAB, que considera ser a principal cooperativa especializada da classe em São Tomé e Príncipe.

Das associações beneficiadas, destaque para a de Vila Moura, no distrito de Mé-Zóchi.

Cacau, apesar do esforço interno das autoridades com vista a diversificação de produtos de exportação, este produto, que outrora foi dono e senhor na agricultura São-Tomense, ainda hoje mostra-se como um produto bastante concorrencial no âmbito das fileiras de exportação deste País de África Central.

Fim/MD/LM

STP-Press

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade