Camas de Hospital: Portugal e a União Europeia no séc. XXI

por LMn

A maior parte dos países da União Europeia, incluindo Portugal, tem reduzido o número de camas hospitalares disponíveis desde o início do século. Uma tendência associada ao aumento da cirurgia ambulatória, bem como maior aposta em tratamentos que não requerem hospitalização. O reforço de unidades de saúde de proximidade e cuidados alternativos também contribui para esta redução. Um evolução que tem, ainda, o intuito de otimização de custos.

Apesar de Portugal ainda estar longe da média Europeia (tem 345 camas por 100 mil habitantes vs. 538 de média da UE), tem melhorado a sua posição relativa (está atualmente na 20.ª posição, com 345 camas por 100 mil habitantes). A Alemanha é o país com mais camas e a Suécia com menos, com 800 e 214 camas por 100 mil habitantes respetivamente.

Destaca-se o bom posicionamento da Hungria no ranking europeu.

Fonte: Mais Liberdade

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade