1

Cabo Verde investe para ser destino internacional de turismo de caminhadas

Cabo Verde pretende posicionar-se “como um destino internacional de turismo de caminhadas nos próximos anos”, uma das áreas de investimento do Governo, anunciou o executivo, que organiza na sexta-feira um encontro internacional sobre atividades na natureza.

“Estão em curso intervenções estruturantes, designadamente no mapeamento, e sinalização de trilhas”, prevendo-se que até final do ano o país tenha “mais de 1.000 quilómetros de trilhos mapeados e sinalizados”, lê-se na apresentação da Conferência Internacional de Turismo Rural e de Natureza, em Santo Antão, a ilha poente do arquipélago.

“É ambição do Governo transformar o turismo de natureza no principal acelerador da diversificação e qualificação da oferta turística em Cabo Verde”, destaca-se, acerca da aposta que faz parte do Programa Operacional do Turismo (POT, 2022-2026).

“Um dos componentes do subprograma ‘requalificação da oferta’, são os projetos de turismo rural e de natureza”, com iniciativas previstas “nas ilhas com maior potencial, designadamente, Santo Antão, São Nicolau, Maio, Santiago, Fogo e Brava”, prevê o Governo.

As iniciativas incluem ainda “o restauro e construção de miradouros nas cinco ilhas, com verbas alocadas para os próximos anos” e “implementação do projeto de valorização turística das aldeias rurais”.

A Conferência Internacional de Turismo Rural e de Natureza, na ilha de Santo Antão, sob o lema “Investimentos verdes como via para a sustentabilidade do turismo”, conta com a participação de vários oradores portugueses.

A contribuição da cooperação internacional vai estar em foco pelo embaixador português no arquipélago, Paulo Lourenço, num evento que conta ainda com as intervenções de João Albino Silva e Jorge Revez, docentes na Universidade do Algarve, João Portugal, técnico do Instituto do Turismo, e Bruno Ramos, da agência de Aldeias do Xisto.

A organização da conferência pretende recolher contributos para a criação de um Plano de Fomento de Iniciativas Empresariais do Turismo de Natureza.

LFO // VM