Braga: Eiko Ishibashi dá concerto para filme de Ryûsuke Hamaguchi no festival Semibreve

por LMn | Lusa
image_pdfimage_print

O festival Semibreve, que acontece em outubro e encerrou hoje o cartaz, vai contar com a estreia nacional do filme-concerto “Gift”, do japonês Ryûsuke Hamaguchi, com atuação ao vivo da compositora e intérprete Eiko Ishibashi, anunciou a organização.

“A artista japonesa irá musicar ao vivo este filme mudo, que tem por base material resultante da última longa-metragem de Hamaguchi, ‘Evil Does not Exist’, acrescentando-lhe uma camada dinâmica à experiência cinematográfica”, indicou a organização do Semibreve, em comunicado.

Eiko Ishibashi é uma multi-instrumentista japonesa que trabalha com bandas sonoras para filmes e televisão, mas também em contextos de música improvisada, como se pode ler na biografia disponível no seu ‘site’.

Ao longo da carreira, já trabalhou com nomes como Keiji Haino, Charlemagne Palestine, Merzbow, Akira Sakata, John Duncan, Oren Ambarchi e Jim O’Rourke.

Foi a autora da banda sonora de “Drive My Car”, de Ryûsuke Hamaguchi, que venceu o Óscar para Melhor Filme Internacional no ano passado.

Ishibashi conquistou o prémio do cinema asiático para melhor música original este ano, numa edição em que “Drive My Car” ganhou o prémio de melhor filme.

O cartaz da 13.ª edição do Semibreve, a acontecer entre 26 e 29 de outubro, em Braga, vai contar ainda com Anja Lauvdal, Beatrice Dillon, Clarice Jensen, DJ Lynce, Emeralds, Inês Malheiro, Kali Malone, Kassel Jaeger + Eléonore Huisse, Loraine James, Maya Shenfeld + Pedro Maia, Mumdance, Nexcyia, Nkisi, Thomas Ankersmit e Tujiko Noriko + Joji Koyama.

“Para além do programa de música, o Semibreve apresenta ainda um programa de instalações, conversas e workshops. ‘God Mode (ep.01)’, do duo sediado em Berlim e Londres dmstfctn, é o trabalho vencedor da nova edição do Edigma Semibreve Award, prémio que celebra e promove a criação de trabalhos que explorem a interatividade, o som e a imagem suportados através da utilização de tecnologias digitais”, acrescentou a organização.

Com os passes gerais já esgotados, os bilhetes diários para o Semibreve estão disponíveis a partir de hoje.

TDI // MAG

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade