Benfica: É desta que acaba a maldição de Guttmann?

por LMn

Como se pode ler no Szombat (Sábado), jornal da comunidade judaica de Budapeste, foi solicitado ao rabino Zoltán Radnóti que enviasse uma benção à equipa de futebol do Benfica em que segundo a explicação rabínica, pode ser útil para quebrar a “maldição de Guttmann” que continua a perseguir o clube encarnado.

A ”benção” foi levada a Lisboa aquando da recente visita do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Péter Szijártó e György Szöllősi, editor-chefe do diário desportivo Nemzeti Sport e Embaixador dos Assuntos de Puskás e da Tradição Húngara de Futebol” (na foto com o vice-presidente do S. L Benfica – vide link abaixo do jornal Szombat)

Como é do conhecimento público e certamente o sabem a grande maioria dos adeptos e simpatizantes do S.L.Benfica, a ”maldição” de Béla Guttmann, o inesquecível treinador  húngaro do clube e da conquista das 2 Taças dos Campeöes Europeus, em 1960-61 e 1961-62 diz „apenas” que o Benfica não voltará a vencer uma competição europeia – segundo os entendidos haverá 2 versöes – nos ”próximos 100 anos” ou…”nunca mais”…A propósito de referir que o S.L.Benfica é, com um total de 8 derrotas nas finais, o recordista europeu das finais europeias perdidas. Talvez agora a „benção” do rabino Rásnoti liberte de vez a maldição do judeu-húngaro Guttmann.  Se tal não acontecer, não será por falta de empenho dos amigos do Benfica na Hungria.

Mais tarde voltaremos certamente ao assunto “Maldição Guttmann”.

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade