Airbus antecipa em 2 anos objetivo de recrutamento em Portugal e contrata 900 este ano

por LMn | Lusa
image_pdfimage_print

As novas instalações da Airbus Global Business Services (Airbus GBS) em Lisboa vão acolher “até ao final do ano cerca de 900 colaboradores”, antecipando em dois anos a meta de recrutamento que a empresa tinha previsto para 2025.

De acordo com a Airbus, “o crescimento mais rápido do que o planeado para este projeto, devido sobretudo à elevada adesão dos talentos portugueses, levou ainda” a que a empresa “tivesse aberto um escritório-satélite em Coimbra, que está já a funcionar há um mês com os primeiros colaboradores”.

Em março de 2022, num encontro com jornalistas, o diretor-geral da Airbus GBS, Charles Huguet, tinha avançado que previa atingir “até 800” pessoas em 2025.

“A equipa da Airbus em Portugal integra atualmente mais de 500 trabalhadores de 36 nacionalidades diferentes, que dão suporte a 16 funções diferentes nas operações globais Airbus, apoiando as suas divisões Airbus Commercial Aircraft, Airbus Helicopters e Airbus Defence & Space”, refere a empresa, em comunicado.

Além deste centro de serviços partilhados, a Airbus em Portugal tem ainda “mais de 100 colaboradores na Airbus Atlantic, a unidade industrial inaugurada em Santo Tirso, em setembro de 2022”, adianta.

Atualmente, a Airbus GBS em Portugal garante o controlo e a segurança dos dados e processos críticos da Airbus, “estruturando os ‘standards’ a nível global, conectando processos em toda a cadeia e coordenando ferramentas para melhorar a eficiência dos serviços de suporte”, acrescenta a empresa.

A Airbus GBS conta com mais de 500 especialistas nas áreas das finanças, compras, recursos humanos, tecnologias de informação, gestão de projetos, engenharia, apoio ao cliente e, segundo a empresa, continuará a crescer nestas e em outras áreas.

“A inauguração decorreu com a presença de todos os colaboradores, liderada por Charles Huguet, diretor-geral da Airbus GBS, e de Wouter Van Wersch, ‘head of european region’ [responsável pela região europeia] da Airbus, bem como de outros convidados que ajudaram a concretizar este projeto”, refere a Airbus.

Charles Huguet, citado no comunicado, sublinha que a antecipação dos objetivos de recrutamento, num contexto muito concorrencial, é muito positivo e que a equipa “tem muito orgulho neste feito notável da Airbus em Portugal”.

Através da crescente presença em Portugal, “a Airbus está a contribuir para a competitividade do país no setor aeroespacial, criando empregos altamente qualificados e promovendo a inovação e a transferência de tecnologia” e “está também empenhada no desenvolvimento sustentável e (…) a trabalhar em estreita colaboração com o Governo português e parceiros industriais para promover a inovação e reduzir a sua pegada ambiental”, afirma, por seu lado, Wouter Van Wersch, também citado no comunicado.

ALU // MSF

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade