AICEP celebra acordo de investimento de 10,2 ME com a Continental em Vila Real

por LMn | Lusa

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) assinou ontem, em Vila Real, um contrato de investimento com a Continental, no valor de 10,2 milhões de euros, que prevê a afetação de 138 postos de trabalho.

Em comunicado, a AICEP explicou que o contrato de investimento foi celebrado com o consórcio liderado pela empresa Continental Advanced Antenna Portugal, no valor de 10,2 milhões de euros e que “prevê a afetação de 138 postos de trabalho, dos quais 29 novos postos de trabalho altamente qualificados, e, ainda, a criação de 34 novas bolsas de investigação”.

A cerimónia que decorreu hoje em Vila Real nas instalações da Continental Advanced Antenna Portugal, contou com a presença do ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira.

A AICEP referiu ainda no comunicado que este é um projeto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&DT) feito em colaboração entre empresas e várias universidades portuguesas, cofinanciado por fundos do Portugal 2020, devidamente enquadrado nos domínios prioritários da estratégia de investigação e inovação para uma especialização inteligente (RIS3).

O projeto ‘Continental AA”s Factory of the Future’ procura o desenvolvimento e lançamento de novos produtos com funcionalidades inovadoras e customizadas, especialmente direcionadas para endereçar os desafios futuros perspetivados para a indústria automóvel em termos de condução conectada e autónoma.

O consórcio é liderado pela Continental Advanced Antenna Portugal, em parceria com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Universidade do Minho, e a Universidade do Porto, bem como o INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, e as empresas Neoception, Follow Inspiration, e Up Motion.

“O projeto visa a criação de novo conhecimento técnico-científico de ponta nas áreas das tecnologias de digitalização e computação, cibersegurança, relação simbiótica Homem-Máquina e Homem-Fábrica, integrados com sistemas híbridos, com o objetivo de desenvolver novos produtos de alta intensidade e fiabilidade tecnológica, que, integrados, permitirão a criação da Fábrica do Futuro da Continental Advanced Antenna”, destaca ainda o comunicado da AICEP.

E acrescenta que esta ‘fábrica do futuro’ contribuirá para “o avanço na indústria e no meio técnico-científico, nacional e internacional, através da conceptualização, investigação e desenvolvimento de novas soluções tecnológicas que, após integração, deverão viabilizar o total abandono do chão de fábrica, criando um avançado e inteligente processo produtivo”.

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade