A zona euro pode vir a desmembrar-se de acordo com György Matolcsy

por LMn

A crise da dívida em curso pode de facto levar à desagregação da zona euro, cita o último post de György Matolcsy, Presidente do Banco Nacional da Hungria na sua página do Facebook.

A União Europeia e a zona euro sofreram cinco grandes crises antes da atual crise Covid-19: por volta de 2000, entre 2007 e 2009, em 2010, 2011-12 e durante a crise migratória de 2015, escreve Matolcsy.

Cada uma destas cinco recessões desmentiu a visão profundamente enraizada na Europa de que a crise reforçou a integração europeia. A UE e a zona euro emergiram dos cinco choques mais fracos do que antes, argumenta ele. A década de 2020 verá mais crises e uma repetição parcial da década de 1970. Cada crise futura terá o mesmo resultado que as últimas cinco.

A PRÓXIMA CRISE FINANCEIRA PODERÁ CONTRIBUIR PARA A DIVISÃO DA ZONA EURO EM DOIS BLOCOS OU ACUMULAR CADA VEZ MAIS DÍVIDAS, COMO NO JAPÃO. OU UMA MISTURA DOS DOIS RESULTADOS

 

– escreve Matolcsy.

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade