9 de setembro. O Fotógrafo. Brassaï (Halász Gyula)

por Fernando Lopes

Resumidamente: Halász Gyula (aliás Brassaï) nasceu em Brassó, no dia 9. 9. 1899, faz hoje 121 anos…“Brassóban születtem. Az 1899-ik év 9-ik havának 9-ik napján. Négyszeresen a 9-es számmal megjelölve.”… “Nasci em Brassó. No 9º dia do 9º mês do ano de 1899. Fui assinalado quatro vezes com o número 9”….

Em 1924 mudou-se para Paris, cidade onde viveu o resto da vida. Começou a aprender francês com a leitura das obras de Marcel Proust e a conviver com muitos artistas que então viviam em Paris, no Bairro de Montparnasse. Começou a trabalhar como jornalista-correspondente e fez amizade com, entre outros, Henry Miller, Jacques Prévert, Salvador Dalí, Pablo Picasso, Jean Genet e Henri Michaux, os quais mais tarde fotografou.

O trabalho de Gyula Halász, o seu amor pela cidade de Paris e pelas suas ruas, sobretudo durante a noite, levou-o em definitivo, até à fotografia. Foi, tempos depois, justamente denominado, “O Olho de Paris”.

Em 1956, o seu filme, “Tant qu’il aura des bêtes” ganhou o Prémio da Filme Mais Original de Cannes e em 1978 ganhou o Grande Prémio Nacional de Fotografia de França”.

Considerado por muitos, um dos maiores fotógrafos do século XX, Gyula Halász morreu em 8 de julho de 1984. Está sepultado no Cemitério de Montparnasse em Paris.

Fontes:

Pixinfo

Wikipedia

 

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade