6 de Janeiro de 1978 – O regresso da Santa Coroa à Hungria

por LMn

A Santa Coroa da Hungria, também conhecida como Coroa de Santo Estêvão, foi a coroação utilizada pelo Reino da Hungria durante a maior parte da sua existência; os reis foram coroados com ela desde o século XII. A Santa Coroa deixou o país durante três décadas: a relíquia histórica regressou no Dia de Reis, a 6 de Janeiro de 1978, vinda dos Estados Unidos.

Quando Estêvão se tornou Rei da Hungria no dia de Natal, no ano 1000, o Papa Silvestre II ofereceu-lhe uma coroa como presente. Estêvão tinha decidido elevar a Hungria ao estatuto de um reino cristão, colocando-a em pé de igualdade com outros estados europeus de então. Estêvão pediu a sua coroa ao Papa, o líder espiritual da Europa Ocidental, em vez de ao Santo Imperador Romano. Esta coroa tornou-se um dos símbolos mais poderosos da nação húngara.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a coroa e a regalia foram enterrados pelos guardas no Castelo de Buda, em Outubro de 1944. Depois de Ferenc Szálasi ter chegado ao poder, ele desenterrou-a e jurou perante a coroa. A coroa foi depois levada para Veszprém, Kőszeg, Velem e finalmente para a Áustria, em 27 de Março de 1945, para a salvar do avanço das tropas soviéticas.

No final da Segunda Guerra Mundial, as jóias da coroa foram recuperadas em Mattsee, Áustria, a 4 de Maio de 1945, pela 86ª Divisão de Infantaria dos EUA.

As jóias da coroa foram transportadas para a Europa Ocidental e entregues ao Exército dos Estados Unidos pela Guarda da Coroa húngara para serem guardadas em segurança e não caírem nas mãos da União Soviética.

Durante grande parte da Guerra Fria, a coroa foi mantida no depósito de ouro dos Estados Unidos (Fort Knox, Kentucky) juntamente com a maior parte das reservas de ouro da América e outros itens históricos inestimáveis. Depois de ter sido submetida a uma extensa pesquisa histórica para verificar se a coroa era genuína, foi devolvida à Hungria por ordem do Presidente dos EUA Jimmy Carter a 6 de Janeiro de 1978.

A decisão do Presidente Jimmy Carter de devolver a Coroa em 1978 foi controversa e tornou-se uma questão de disputa. Mas Carter sentiu que era justo que a Coroa fosse devolvida antes que toda uma geração de húngaros chegasse à idade adulta sem compreender o seu simbolismo. Afinal, disse ele, a Coroa pertence ao povo húngaro.

Finalmente, a Coroa foi devolvida ao povo da Hungria (não ao regime de então) por Cyrus Vance, Ministro dos Negócios Estrangeiros, como representante do povo dos EUA. A sua condição era que as jóias da coroa tivessem de ser exibidas. Foram exibidas no Museu Nacional, e no dia 1 de Janeiro de 2000 foram transferidas cerimoniosamente para o Parlamento. A coroa, com o ceptro e a esfera pode ser vista no Parlamento, a túnica foi deixada no Museu Nacional.

Fonte: Daily News Hungria
https://dailynewshungary.com/6th-of-january-the-return-of-the-holy-crown-of-hungary/

Ver também A Santa Coroa da Hungria (Szent Korona)
https://dailynewshungary.com/the-holy-crown-of-hungary-szent-korona/

Print Friendly, PDF & Email

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade