26 de setembro. Bartók Béla deixou-nos faz hoje 75 anos

por LMn

Béla Bartók, considerado um dos maiores compositores do século XX, nasceu na Hungria, em Nagyszentmiklós, a 25 de março de 1881 e faleceu nos Estados Unidos, em Nova Iorque, a 26 de setembro de 1945. Foi compositor, pianista e investigador de música popular da vasta região da Europa Central e Oriental.

Béla Bartók além de ter sido um dos compositores musicais mais destacados do século passado, foi também um dos fundadores da etnomusicologia e do estudo da antropologia e etnografia da música. Juntamente com o seu amigo, o também compositor Zoltán Kodály, percorreu inúmeras cidades e aldeias do interior da Hungria e da Roménia onde recolheu e anotou um grande número de canções e músicas de origem popular

Apesar do seu prestígio e reconhecimento nacional e internacional, Béla Bartók devido à sua conhecida posição de oposição ao fascimo e ao nazismo, decidiu abandonar a Hungria e emigrar para os Estados Unidos. Primeiro viajou até Lisboa e foi da capital portuguesa que embarcou para Nova Iorque, em 20 de outubro de 1940.

Bartók rapidamente se decepcionou com a vida norte-americana. Havia pouco interesse pela sua obra e pelas suas apresentações. Passou por dificuldades e teve que ser ajudado financeiramente por amigos. Em 1944 a sua saúde piorou de tal forma que Béla Bartók passou a viver internado no hospital, sob cuidados médicos. Apesar da situação, compõe ainda o 3° Concerto para Piano e um Concerto para Viola, que fica incompleto, ao morrer de leucemia, aos 64 anos. (Fonte: Wikipédia)

Wikipedia EN

Wikipedia HU

 

Também poderá gostar de

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Aceitar Ler Mais

Privacidade